Your address will show here +12 34 56 78

Amazonino vai para o 2º Turno e segunda vaga será definida na reta final

2 - #PESQUISA365

#PESQUISA365 entrevistou 2.000 eleitores na capital e em mais 20 cidades do interior para saber em quem o amazonense pretende votar para governador e senadores.

Realizado entre os dias 09 e 14 de julho, o estudo foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o código de número AM-01356/2018. A margem de erro é de 2,2%, com um grau de confiabilidade de 95%.

Nesta segunda pesquisa registrada, Amazonino Mendes assumiu a liderança na disputa para governador, com 24,8% das intenções de voto, um crescimento de sete pontos percentuais em relação aos números de abril.

O segundo colocado agora é David Almeida, com 16,4%, seguido pelo senador Omar Aziz, que obteve 12,9% das intenções e subiu da quinta para a terceira posição.

O jornalista Wilson Lima, que foi a grande surpresa da pesquisa de abril, aparecendo em primeiro lugar, nesta, caiu para a quarta colocação, com 12,6%.

Essas mudanças de posições entre uma pesquisa e outra ocorreram essencialmente por dois fatores: no estudo realizado em abril, o universo amostral foi em oito cidades, incluindo a capital e os sete maiores colégios eleitorais do interior.

Neste segundo estudo registrado, nós quase triplicamos a amostra no interior, aumentando de sete para vinte cidades, mais a capital.

Ao ampliarmos a amostra no interior, dois candidatos acabaram sendo impactados naturalmente e de maneira inversa: enquanto que Amazonino cresceu, porque tem atuado fortemente no interior, fazendo muitas promessas de obras nas cidades, Wilson Lima caiu, pois em muitas dessas cidades entrevistadas, o sinal da TV A Crítica não chega.

Além disso, como a força eleitoral de Wilson vem do seu recall, o período de realização desta pesquisa já conseguiu captar o fato de ele não estar mais aparecendo na televisão por conta da lei eleitoral.

Outro fator que também influenciou nas mudanças de posições, especialmente no crescimento de David Almeida e de Omar Aziz, foi que nós retiramos, desta pesquisa de julho, o nome de um importante player nestas eleições de 2018: Rebecca Garcia, que obteve 14,3% das intenções de voto em abril.

Esta nova rodada consolida que teremos, pela terceira vez seguida, a eleição em dois turnos para o cargo de governador. Amazonino ficou com 36,6% dos votos válidos, David Almeida com 24,1%, Omar com 19,0%, e Wilson Lima, 18,5%. As outras duas candidaturas, 1,8%.

Esses números são similares ao 1º Turno da eleição de 2017, o que projeta a ida de Amazonino para o 2º Turno e o seu adversário sendo conhecido somente a 10 dias do pleito, o que reforça uma polarização entre David e Omar.

 

Nulos, brancos e indecisos

O eleitorado insatisfeito com as opções existentes cresceu entre abril e julho. Se na primeira pesquisa nulos e brancos eram 14,4%, agora aumentaram para 21,3%. Quanto aos indecisos, eles dobraram, saltando de 5,4% para 10,9%.

Somando-se a indecisão com a rejeição, o total é de 32,2%, ou seja, quase 1/3 do eleitorado do Amazonas. Provavelmente, serão esses eleitores que determinarão quem irá para o 2º Turno e quem vencerá a eleição.

 

Senadores

Em alguns estudos que são divulgados sobre a eleição para as duas vagas de senador pelo Amazonas, existem alguns equívocos quanto à apresentação dos números.

A somatória de todas as respostas resulta em 200% e, para isso, devemos considerar a soma das intenções de voto dadas a todos os candidatos no primeiro e no segundo votos; o total de entrevistados que não souberam dizer nenhum nome nos dois votos; o total de entrevistados que escolheram um nome para o primeiro voto, mas não souberam responder para o segundo, e, por último, o total de entrevistados que responderam para o primeiro voto, mas rejeitaram os nomes para o segundo voto.

Esta segunda pesquisa registrada para o Senado aumentou para doze o número de pré-candidatos, dois nomes a mais que em abril. Primeiro, foram retirados os nomes de Bosco Saraiva (SDD), que já se declarou candidato a deputado federal, e de Plínio Valério (PSDB), que ainda não definiu qual caminho seguirá.

Depois, foram acrescentados outros quatro nomes: Francisco Praciano (PT), empresário Rodolfo Marinho (PMB), defensor Carlos Almeida Filho (PRTB) e Luiz Fernando Souza (PSOL).

Eduardo Braga (MDB) segue com o maior percentual de intenções de voto, com 33,2% (- 4,6% do que abril) e mantém a liderança isolada desde o final do ano passado. Esta supremacia de Braga só deixa de existir quando o nome de Rebecca Garcia é inserido em um determinado cenário.

Rebecca não foi incluída também na pesquisa de senadores porque seu nome está sendo ventilado nos bastidores como candidata a vice na chapa de Amazonino Mendes para o governo.

Neste momento, a segunda vaga é disputada somente por dois players: a atual senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), que obteve 20,8% (- 7,1%) e o ex-senador Alfredo Nascimento (PR), com 16,9% (- 6,7%). A distância entre um e o outro está dentro da margem de erro, o que não dá nenhuma vantagem para a comunista, já que Alfredo vem mantendo um bom desempenho ao longo dos últimos meses.

Cinco nomes estão competindo pela quarta colocação: Chico Preto (PMN), com 13,0%, Praciano, com 11, 1%, o delegado Wesley Aguiar (PDT), com 10,9%, Pauderney Avelino (DEM) ficou na sétima posição, com 10,6%, e Luiz Castro (REDE) na oitava, com 9,3%.

A boa surpresa desse bloco é o pré-candidato do PDT, cujo percentual pode ser explicado de maneira simples: ao usar a palavra “delegado” precedendo o seu nome, os entrevistados o escolheram mesmo sem conhecê-lo, pelo respeito à sua atividade como policial.

A diferença mais relevante nesta pesquisa foi o crescimento dos eleitores indecisos nos dois votos possíveis ou naqueles indecisos que tinham um candidato, mas não possuíam uma segunda opção de voto, acrescidos do elevado número de eleitores que disseram votar branco ou nulo.

A eleição do Senado indica um favoritismo para a reeleição de Eduardo Braga e uma disputa da segunda vaga para os últimos 15 dias da campanha eleitoral.

Clique aqui e faça o download do relatório completo desta 2ª Pesquisa Registrada para governador e senadores do Amazonas – #PESQUISA365.

Visualizar Relatório