Internautas que participaram da última enquete do DataSenado manifestaram apoio ao projeto de lei PLS 436/2015, que altera o Código Penal para punir com maior rigor aqueles que praticarem o crime de vilipêndio (desrespeito) a cadáver na internet. Mais de 70% concordam que quem expuser fotos ou vídeos de cadáver na internet, redes sociais ou similares deve ser punido com uma pena maior. 

Maioria concorda com aumento de pena para quem publicar fotos e vídeos de cadáver na internet - DataSenado

Hoje, o Código Penal prevê detenção de um a três anos para o crime de vilipêndio. O projeto propõe elevar a pena em um a dois terços para quem utilizar a internet para a prática desse tipo penal.  Ao serem questionados sobre esse aumento, quase metade dos internautas concordaram com a proposta, e outros 39% responderam que o aumento da pena deveria ser ainda maior.

A enquete também avaliou a opinião dos respondentes sobre o quanto o PLS 436/2015 poderia ajudar na redução do crime. Para 71%, aumentar a pena para quem divulgar fotos ou vídeos de cadáver na internet vai ajudar muito na redução desse tipo de conduta, enquanto dois em cada dez acreditam que vai ajudar pouco.

Fonte: DataSenado.

Comentários